domingo, 4 de janeiro de 2009

mas, se, ?, talvez e momentos

Sabes aquele friozinho na barriga? Aquele coraçãozinho apertadinho? Não, não é de estar apaixonada (nem quero) mas, sim a sensação de que se criou algo que não se devia em cada momento, será que voltará? ou será que não? Escondesse o medo por detrás da capa que diz "Só o tempo o dirá". Não gosto não mas podia gostar. Foi tão bom que...

Não se pensou, para quê pensar? Agora é mesmo isso, só o tempo o dirá, estou a esconder o medo? Talvez, não sei.

E se o tempo não disser nada? Como fico na história? Humm. Talvez incerta e insegura? Mas, e se eu não quiser que o tempo diga nada e quiser simplesmente aquele momento? Era mais simples e sem nós.

Neste momento não quero aquele porque já esta guardado, quero outros e outros, para guardar mas, amanhã já posso quer ou então logo quando reflectir no assunto (mais ainda). Se assim for, não sei como será. Posso dizer Olá ao sonho e sonhar com o momento, talvez, se torne a maneira mais fácil de se entrar neles outra vez.

Quando existe uma distância entre dois mundo e dois momentos, é mais difícil juntar os dois momentos ao seu momento, por isso é que "Só o tempo o dirá" mas,...


Tantos "mas" e "se" porque é que os momentos não podem ser já, aqui e agora, sem pontos de interrogação ou aquelas palavras estúpidas que não significam nada se nada tiverem para acompanhar? E porque é que os "talvez" existem?

Parvoíces, podiam só existir as virgulas sempre curtas (por favor) assim os momentos eram melhores não??

5 comentários:

Catarina Laíns disse...

Tens toda a razão amor,
Como me disses-te no msn e aqui o dizes só o tempo o dirá

;D

Amo-teee

Inês Costa disse...

Oh minha querida Catarina o que seria de mim sem ti? Sabes uma coisa? Tenho um orgulho imenso em ti acredita, porque és tão "peqenina" e já tens uma mentalidade de mulherzinha. Apesar desses teu 11 aninhos (penso não me estar a enganar) sei que tudo o que eu escrever vai ser compreendido por ti e agradeço-te muito siceramente do fundo do coração, por isso. És um pilar muito forte na minha vida.
Mesmo pequenina já me ajudas-te muito, e só de saber que me compreendes e aturas já é um forte consolo para mim e ajuda muito.

amo.te princesinha

Catarina Laíns disse...

Oh amor possa deixas-me sem palavras.
Eu também tenho um orgulho enorme em te ter como amiga e de te conhecer, pois tu ajudaste-me sempre que precisei, aturaste-me sempre e ensinas-me a viver um dia de cada vez.
Tu sim podesse dizer que és uma verdadeira amiga e uma pessoa perfeita.
E sempre que precisares cá estou eu, pronta a ajudar

;D

Inês Costa disse...

Não sou perfeita nem quero. Sou apenas eu, cometo os meus erros, tenho os meus ataques :s, etc. Sei que se calhar me tomas como exemplo, mas eu quero que saibas que eu não sou perfeita e que as vezes tomo decisões e tenho atitudes que tu não deves tomar, que são proprios de cada idade. Meu amor, eu quero e' que tu sejas feliz assim mesmo como tu es, com esse teu jeitinho proprio, que eu tanto amo em ti.
Es a minha princezinha acredita.

Catarina Laíns disse...

Amor para mim serás sempre aquela rapariga giraça,boa e magrinha ;D
Que eu tanto amo e tenho orgulho.
Todos nós cometos erros, é natural.
Mas eu acho que és um exemplo para todas as pessoas porque tu podes estar a ajudar várias pessoas ao mesmo tempo e não as deixas sem saberes que estão bem, isso sim para mim é importante por isso é que te tomo como exemplo,
Não um exemplo normal, um exemplo grande e especial.
Todos os bocadinhos,horas,minutos e segundos contigo são especiais.

Gosto bastante de ti meu doce,
Comigo podes contar sempre e vou seguir os conselhos que sempre me deste.
Obrigado por tudo.

;D